Mostrar mensagens com a etiqueta direitos dos animais. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta direitos dos animais. Mostrar todas as mensagens

Queres motivos para deixar de comer animais? Estes documentários são para ti


Usamos infinitas desculpas para continuar a justificar, eufemizar e perpetuar a exploração, tortura e morte de biliões de animais explorados para consumo mas, no fundo, sabemos como eles sofrem e partilham capacidades emocionais similares às nossas. Aliando esse facto incontornável aos benefícios de uma alimentação vegetariana, tanto para a saúde como para o planeta, as razões para deixar os animais fora do prato são mais fortes do que continuar a comê-los e estes 10 documentários comprovam-no.

Convivência ética e correcta com os pombos urbanos e controlo eficaz da população


O que sabemos nós sobre os pombos de cidade?

Origem

Os pombos de cidade foram domesticados a partir do pombo das rochas (um pombo selvagem) para serem explorados pela sua carne, ovos, penas e estrume. Quando já não tiveram uso foram libertados e deixados à sua sorte e, como dependem de nós para sobreviver, aglomeraram-se nos centros urbanos.

Por outras palavras, os pombos de cidade foram criados pelos humanos. São animais domesticados abandonados.

Machado de Assis: “Não sou homem de touradas; e se é preciso dizer tudo, detesto-as”


Mesmo quem nunca leu nada de Machado de Assis quase de certeza que já ouviu falar deste escritor, considerado por muitos críticos como o maior nome da literatura brasileira. Introdutor do realismo no Brasil e dono de uma extensa obra, composta por mais de 800 materiais literários, a sua posição contra a crueldade animal é um tanto apagada e, consequentemente, pouco discutida.

“Kitbull”: A nova curta da Pixar que mostra a amizade entre um gato e um pit bull acorrentado


Preparem os lenços de papel, porque esta história sobre uma amizade improvável vai comover corações. Kitbull é a nova curta da Pixar e passa-se em São Francisco, girando em torno de um gatinho de rua que tem uma caixa de papelão como refúgio e de um pit bull acorrentado e cruelmente explorado por um humano.

Pinturas murais mostram a beleza inesperada dos pombos


É cada vez mais frequente artistas e fotógrafos recorrerem aos seus talentos para sensibilizar sobre os direitos dos animais, incluindo os mais surpreendentes e improváveis como o caso do pombo comum. Há quem revele o quão maravilhosos eles são a partir de retratos fotográficos ou estudos de voo, mas Adele Renault preferiu uma vertente criativa diferente.

Fotógrafa retrata ratinhos resgatados de um laboratório


Rachele Totaro é uma activista italiana que utiliza a fotografia como forma de sensibilização. Depois de uma operação para libertar ratos explorados em laboratórios, pegou na sua máquina e captou as reacções deles no primeiro dia que tiveram fora das gaiolas. O objectivo é passar uma mensagem contra os testes em animais.

Akashinga: As mulheres que lutam contra a caça furtiva em África

Fotografia: Adrian Steirn/Photographers Against Wildlife Crime/Wildscreen

São mães solo, esposas abandonadas, órfãs e vítimas de violência doméstica. Mulheres que sofreram abusos extremos e que encontraram protecção protegendo os animais. As Akashinga (Corajosas na língua shona) são um grupo de elite contra a caça furtiva no Zimbabwe. Nesta unidade conquistaram a tão desejada emancipação, continuamente rejeitada pelo forte sistema patriarcal. E, em pouco tempo, provaram estar ao mesmo nível dos homens, se não mesmo ultrapassando-os.

Rússia proíbe zoológicos interactivos, lutas de animais e abate de animais de rua


A Rússia parece estar comprometida a melhorar a legislação referente aos direitos e bem-estar dos animais. De acordo com o jornal The Moscow Times, a nova lei, denominada Sobre o tratamento responsável dos animais e emendas a certos actos legislativos da Federação Russa, interdita zoológicos interactivos em centros comerciais onde as pessoas podem mexer nos animais lutas de animais e o abate de animais em situação de rua. A mesma lei também proíbe animais em cafés, bares e restaurantes. Originalmente introduzida em 2010, os legisladores levaram oito anos para finalizá-la.

Governo sul-coreano fecha maior matadouro de cães do país

Kelly O'Meara e Mia, uma golden retriever que foi resgatada de um matadouro sul-coreano. O'Meara é directora sénior do departamento dos Animais de Companhia do HSI, uma das organizações que mais luta pelo fim do comércio de carne de cão. Fotografia: Jean Chung/HSI

O maior matadouro de cães da Coreia do Sul foi encerrado pela prefeitura de Seongnam, que planeia transformar o espaço, onde centenas de milhares de cães foram mortos, num parque comunitário.

Emily, a vaca que fugiu do matadouro e tornou-se num símbolo de luta pelos animais


Em Novembro de 1995, Emily, a vaca, estava numa fila de bovinos de um matadouro da Nova Inglaterra, enquanto esperava a sua vez para atravessar a porta vaivém da plataforma de abate. Talvez fosse do cheiro do sangue, ou do facto de não ter visto regressar os que tinham entrado antes dela, mas Emily saiu da fila, correu na direcção da cerca de 1,5 metros de altura que encurralava a área e fez passar o seu corpo de quase 700 quilos por cima dela. Fugiu pelos bosques e conseguiu escapar aos incrédulos trabalhadores que correram atrás dela.

Documentário “Dominion” já pode ser visto gratuitamente


Desde que Dominion foi lançado e reproduzido em vários países, inúmeras consciências têm despertado para a realidade que circunda a vida dos animais explorados para alimento, pesquisas, entretenimento, domesticação, caça e vestuário. O documentário, que conta com registos captados por drones, expõe a crua verdade que muitos teimam em rejeitar: que não existe uma forma correcta ou humana de matar alguém.

Prada pode vir a ser a próxima marca de luxo a deixar de usar peles de animais


Dias depois de uma campanha activista contra as peles, a Prada declarou que ia reduzir gradualmente os seus produtos com esse material, substituindo-os por fibras sintéticas como o nylon.

Numa tentativa de pressionar a Prada, para que esta adopte definitivamente uma política fur-free, 40 organizações de protecção animal uniram-se e formaram um grupo liderado pela Fur Free Alliance. Estas organizações, que representam mais de 30 países, lançaram uma iniciativa que pede às pessoas que utilizem as redes sociais, bem como contactem a empresa por telefone ou e-mail, para convencer a mesma a abandonar completamente as peles de animais.

Documentário brasileiro denuncia a crueldade da exportação de animais vivos


Exportando Vidas é o título do documentário da Nação Vegana Brasil, um movimento que luta pelo fim da exportação de animais vivos no país. O documentário tem a duração de 15 minutos e conta com a participação de especialistas de diferentes áreas e que defendem o fim desta prática atroz.

1 Milhão de pessoas pediram ao Presidente sul-coreano para banir o comércio de carne de cão


O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-In, foi instado a acabar com o comércio de carne de cão no seu país. Os activistas de protecção animal de Seoul deslocaram-se até à residência presidencial e entregaram pessoalmente uma petição assinada por mais de um milhão de pessoas de todo o mundo.