Mostrar mensagens com a etiqueta crueldade com animais. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta crueldade com animais. Mostrar todas as mensagens

Queres motivos para deixar de comer animais? Estes documentários são para ti


Usamos infinitas desculpas para continuar a justificar, eufemizar e perpetuar a exploração, tortura e morte de biliões de animais explorados para consumo mas, no fundo, sabemos como eles sofrem e partilham capacidades emocionais similares às nossas. Aliando esse facto incontornável aos benefícios de uma alimentação vegetariana, tanto para a saúde como para o planeta, as razões para deixar os animais fora do prato são mais fortes do que continuar a comê-los e estes 10 documentários comprovam-no.

Carta aberta de um activista aos turistas que passeiam em elefantes


Queridos Turistas,

Os elefantes não vos querem nas suas costas. Eles querem estar na selva, a derrubar árvores e a brincar nos rios. Isto é o que não vos dizem quando vocês vão montar um elefante. Para fazê-los carregar turistas, o que é algo totalmente contra o seu instinto, os seus espíritos precisam de ser quebrados.
Para isso, os bebés elefantes são torturados por cerca de três dias seguidos, num processo chamado Phajaan ou Crush porque, basicamente, a tortura esmagará o espírito dos animais. Eles são amarrados, espancados, golpeados com anzóis e deixados à fome até que os seus olhos fiquem sem brilho e sem vida e deixem de resistir. Agora, o elefante está treinado e pronto para se submeter à vontade dos seus donos e transportar turistas.
Vocês ainda querem ir lá e pagar por esta actividade turística cruel? Espero que não.
Por favor, não montem elefantes! E, por favor, façam com que os vossos amigos e familiares saibam para não apoiar esta prática cruel.

Por
Abbas Mvungi


Akashinga: As mulheres que lutam contra a caça furtiva em África

Fotografia: Adrian Steirn/Photographers Against Wildlife Crime/Wildscreen

São mães solo, esposas abandonadas, órfãs e vítimas de violência doméstica. Mulheres que sofreram abusos extremos e que encontraram protecção protegendo os animais. As Akashinga (Corajosas na língua shona) são um grupo de elite contra a caça furtiva no Zimbabwe. Nesta unidade conquistaram a tão desejada emancipação, continuamente rejeitada pelo forte sistema patriarcal. E, em pouco tempo, provaram estar ao mesmo nível dos homens, se não mesmo ultrapassando-os.

Trabalhadores apanhados a agredir ovelhas em fazendas inglesas e escocesas


Maus tratos a animais que são explorados não são casos isolados.
As imagens do corte de lã, captadas por activistas em 49 fazendas inglesas e escocesas, mostram animais a ser chutados, esbofeteados e espancados com tosquiadeiras de metal. O material audiovisual, que contém conteúdo susceptível, foi partilhado nas redes sociais.

Governo sul-coreano fecha maior matadouro de cães do país

Kelly O'Meara e Mia, uma golden retriever que foi resgatada de um matadouro sul-coreano. O'Meara é directora sénior do departamento dos Animais de Companhia do HSI, uma das organizações que mais luta pelo fim do comércio de carne de cão. Fotografia: Jean Chung/HSI

O maior matadouro de cães da Coreia do Sul foi encerrado pela prefeitura de Seongnam, que planeia transformar o espaço, onde centenas de milhares de cães foram mortos, num parque comunitário.

Materiais de origem animal nas roupas que nos passam ao lado


Para além dos materiais mais conhecidos e provenientes de animais, como o pêlo, pele, penas, couro, cabedal, seda e lã, existem outros que conseguem passar um pouco mais despercebidos. Todos eles existem unicamente para que as indústrias que exploram animais obtenham lucro, visto que existem muitas opções de origem sintética e vegetal de boa qualidade.

Documentário “Dominion” já pode ser visto gratuitamente


Desde que Dominion foi lançado e reproduzido em vários países, inúmeras consciências têm despertado para a realidade que circunda a vida dos animais explorados para alimento, pesquisas, entretenimento, domesticação, caça e vestuário. O documentário, que conta com registos captados por drones, expõe a crua verdade que muitos teimam em rejeitar: que não existe uma forma correcta ou humana de matar alguém.

Prada pode vir a ser a próxima marca de luxo a deixar de usar peles de animais


Dias depois de uma campanha activista contra as peles, a Prada declarou que ia reduzir gradualmente os seus produtos com esse material, substituindo-os por fibras sintéticas como o nylon.

Numa tentativa de pressionar a Prada, para que esta adopte definitivamente uma política fur-free, 40 organizações de protecção animal uniram-se e formaram um grupo liderado pela Fur Free Alliance. Estas organizações, que representam mais de 30 países, lançaram uma iniciativa que pede às pessoas que utilizem as redes sociais, bem como contactem a empresa por telefone ou e-mail, para convencer a mesma a abandonar completamente as peles de animais.

Documentário brasileiro denuncia a crueldade da exportação de animais vivos


Exportando Vidas é o título do documentário da Nação Vegana Brasil, um movimento que luta pelo fim da exportação de animais vivos no país. O documentário tem a duração de 15 minutos e conta com a participação de especialistas de diferentes áreas e que defendem o fim desta prática atroz.

1 Milhão de pessoas pediram ao Presidente sul-coreano para banir o comércio de carne de cão


O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-In, foi instado a acabar com o comércio de carne de cão no seu país. Os activistas de protecção animal de Seoul deslocaram-se até à residência presidencial e entregaram pessoalmente uma petição assinada por mais de um milhão de pessoas de todo o mundo.

Sexta-feira treze: Um dia de azar para o gato preto


Como se não bastasse a dificuldade que os gatos pretos passam, por serem mais difíceis de ser adoptados do que os outros, são alvo de sórdidos preconceitos e superstições que os lançam para rituais cruéis. Na sexta-feira 13 e no Dia das Bruxas, essas superstições aumentam consideravelmente, deixando os gatos pretos ainda mais vulneráveis – e é, precisamente nessas datas, que muitas pessoas já ficam interessadas em adoptá-los.

Vaca explorada em fazenda é resgatada e dá à luz em liberdade


Pela primeira vez Maisie, uma vaca salva de uma fazenda de lacticínios, pode finalmente ser mãe sem ter o seu filho levado para longe de si. Antes de ser resgatada, deu à luz três vezes e em todas elas teve os seus filhos retirados e vendidos.
Felizmente, todo o sofrimento pelo qual Maisie passou tem os dias contados. Devido a problemas de saúde e idade avançada, o fazendeiro deixou de conseguir cuidar da quinta e decidiu encerrá-la. Todas as outras vacas foram vendidas num leilão à excepção de Maisie, que foi encaminhada para o Poplar Spring Animal Sanctuary.

Novo documentário revela os padrões CHOCANTES da exploração animal


Dominion é um documentário australiano que está a ser apelidado como o novo Earthlings, apesar de ainda não ter sido lançado. É uma sequela de Lucent, de 2014, e vai desvendar os abusos cometidos contra os animais, nomeadamente no sector do leite, ovos, carne, entretenimento e vestuário. Assim como Earthlings, expõe material audiovisual dos procedimentos comuns das indústrias que exploram animais. Não se tratam, portanto, de casos isolados os que são descortinados ao longo do documentário.

«Mas o frango do campo não sofre como o frango industrializado»


Tudo parece ser tão libertador no campo: o som do vento a dançar por entre as árvores; o balir das tímidas ovelhas; nenhum arranha-céus a esconder as nuvens esvoaçantes no manto celestial; poder ver perfeitamente as estrelas à janela; o cheiro da floresta; o cantar da cigarra; o toque das amoras selvagens colhidas à tardinha. É impossível existir algo de errado neste ambiente pacato e tão harmonizado com a vida.

A vida.