16/07/2018

100 marcas de maquilhagem CRUELTY-FREE


Comprar maquilhagem cruelty-free não tem de ser uma chatice. Nesta lista encontrarão diversas marcas, todas elas não testadas em animais, para todos os gostos e com preços que vão do luxo ao mais acessível. Algumas podem ser encontradas em lojas físicas, mas a maior parte é vendida exclusivamente online no site oficial e/ou noutras plataformas (Círculo Bio, The Green Beauty ConceptOrganiiCruelty Free CosmeticsVita33, Ecco Verde, iHerb, Cult Beauty, Beauty Bay, Maquillalia, Nordstrom, etc.).

Todas as marcas desta lista respeitam as condições necessárias para serem consideradas cruelty-free, ou seja:

A empresa não testa ingredientes nem produtos finais em animais;
A empresa não envia os seus ingredientes nem produtos finais para serem testados em animais por terceiros;
Os fornecedores dos ingredientes não testam em animais;
A empresa não vende em regiões que exigem testes em animais (China, etc.).

Todas as marcas têm opções sem ingredientes de origem animal, sendo algumas totalmente veganas.



Ver também:


Sites sobre maquilhagem cruelty-free confiáveis:


Artigos sobre testes em animais:

12 comentários

  1. Estão aí muitas marcas que costumo comprar! Ando tão curiosa com os produtos da Avril!
    Com a quantidade de marcas como é que dizem que se torna dificil comprar produtos CF???

    Beijinhos,
    DEZASSETE

    ResponderEliminar
  2. Não uso muitos produtos de maquilhagem, mas tenho o cuidado de escolher marcas cruelty-free, até porque não me faria sentido de outra forma. Além disso, com tantas opções, não é difícil fazer a escolha certa :)

    ResponderEliminar
  3. Costumo comprar Catrice e Essence mesmo por serem cruelty-free!
    https://opequenogirassol.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Não sou vegana, porém quando vou comprar algo e vejo que tem produto vegano eu opto pelo vegano. Gostei muito da lista, é sempre bom saber
    Charme-se

    ResponderEliminar
  5. Costumo usar muitas das marcas que estão ai. <3
    Um beijinho,
    http://myheartaintabrain.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Da lista só conheço a "Quem Disse, Berenice?", eu acho importante procurar se a marca testa em animais. Não sou vegetariana e nem vegana, mas aos poucos vou limitando o que consumo que tenha origem animal

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderEliminar
  7. Olá! O Boticário - e a Quem Disse, Berenice? - supostamente têm o selo cruelty-free mas não fazem parte da tua lista, por algum motivo em especial?
    Fiz uma pesquisa em que dizia que tecnicamente eles não testavam em animais mas que também não se opuseram quando tiveram oportunidade, aos testes realizados em animais na China.

    Obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia, como estás? Não tenho essas marcas por ambas pertencerem ao Grupo Boticário, que é uma das empresas que faz parte do Conselho Deliberativo da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos). A ABIHPEC tentou impedir a proibição dos testes em animais no Rio de Janeiro. Algumas corporações do Conselho Deliberativo votaram contra e outras a favor: o Grupo Boticário votou a favor dos testes em animais. Basicamente, declara para os consumidores uma coisa (de que é cruelty-free) mas na prática é totalmente outra. É incoerente e, por isso, não recomendo nada dessa empresa.

      Quanto ao selo essas marcas conseguiram-no através da PETA, que é uma das organizações mais bem-estaristas e capitalistas, que não pretende a libertação animal e coloca o lucro à frente da ética. Dos três selos certificados que existem, é o menos confiável.

      Espero ter esclarecido :)

      Eliminar
  8. Olá, estava a ver a lista e deparei-me com algumas marcas que não são cruely free e estão na mesma. Algumas têm apenas opções veganas não sendo de todo cruelty free, como a Sleek, L.A Girl...
    Tem Huda que não pode ser considerada cruelty free porque a mesma não disponibiliza para o público sobre os testes dos produtos, e quando é confrontada a marca não se esclarece. Tem ainda marcas que de facto na Europa não testam em animais mas vendem por exemplo na China, onde para se vender qualquer cosmético lá é de facto obrigatório o teste em animais sim, para serem vendidos ao público. Assim sendo estamos de certa forma a contribuir para a exploração e crueldade animal. Existem marcas que se dizem cruelty e de facto não o são induzindo em erro os consumidores . Peço desculpa pela observação mas não o poderia deixar de o fazer, uma vez que muitas pessoas se vão basear nessa listagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde,
      Podes passar-me mais informações sobre as marcas que citaste e que referiste não serem cruelty-free, por favor? As mesmas responderam ao meu contacto, no qual faço muitas perguntas pormenorizadas, e todas foram claras sobre cumprirem todos os critérios para se poderem pronunciar como cruelty-free.
      Não compreendi o que quiseste dizer com "tem opções veganas mas não são cruelty-free", quando uma marca, para ter opções veganas, precisa necessariamente de ser cruelty-free.

      Quais são as marcas que estão aqui listadas e que são vendidas na China? Pois, como referido acima, contacto todas as marcas antes de fazer as listas e uma das perguntas é, precisamente, sobre venderem na China.

      Eliminar
    2. Então, contactei as marcas que referiste não serem cruelty-free e já recebi resposta de duas: a Sleek e a L.A. Girl. Quando a Huda Beauty responder replicarei aqui.

      Estas são as perguntas que faço para todas as marcas e só indico como cruelty-free as que respondem não a tudo. Qualquer outra resposta ou uma resposta incompleta é o suficiente para eu não recomendar:

      A vossa empresa testa em animais, quer para produtos acabados ou ingredientes?

      Os vossos fornecedores testam em animais?

      A vossa empresa contrata ou permite que terceiros testem em animais?

      Pertencem a uma empresa-mãe que testa em animais?

      Testam em animais quando requerido por lei?

      Os vossos produtos são vendidos na China?


      Resposta da Sleek: NÃO a tudo;
      Resposta da L.A. Girl: NÃO a tudo.

      Apesar da Huda Beauty ainda não ter respondido, contactei outras marcas da mesma empresa-mãe: Revolution, e.l.f. e Zoeva. Todas responderam não a tudo, inclusive sobre a empresa-mãe, mas, obviamente, a resposta da Huda será a definitiva.
      Continuarei à espera que refiras as informações que te levam a afirmar o contrário e, mais uma vez, friso que não recomendo nenhuma marca que venda na China. Nenhuma. Sou bastante rigorosa e consulto com frequência se as marcas que aqui listo tiveram alguma mudança nas suas políticas de testes em animais.

      Eliminar
    3. Olá de novo. Recebi a resposta da Huda Beauty:

      A vossa empresa testa em animais, quer para produtos acabados ou ingredientes? NÃO

      Os vossos fornecedores testam em animais? NÃO

      A vossa empresa contrata ou permite que terceiros testem em animais? NÃO

      Pertencem a uma empresa-mãe que testa em animais? NÃO

      Testam em animais quando requerido por lei? NÃO

      Os vossos produtos são vendidos na China? SÓ ONLINE (testes em animais não são realizados nesse tipo de comercialização)

      Continuo à espera que me expliques porque afirmaste o contrário e quais são as tais marcas listadas que são vendidas na China.

      Eliminar