26/02/2018

Pequenos gestos para diminuir a pegada ecológica — Higiene feminina


A utilização de pensos e tampões convencionais provoca um impacto ambiental bastante negativo. Cerca de 13.699 de absorventes são usados, por segundo, nas zonas urbanas, o que resulta em 432 biliões de absorventes depositados em lixeiras e aterros.  Felizmente, existem alternativas ecológicas que acabam também por compensar na carteira.

Copo menstrual



A alternativa mais conhecida e divulgada é o copo menstrual, que tem conquistado cada vez mais mulheres por ser mais prático, económico e sustentável.
Para mais informações ler: O copo menstrual: Uma opção ética e segura.


Pensos reutilizáveis


Calma, que isto não é um bicho de sete cabeças como pode parecer à primeira: os pensos reutilizáveis são de tecido e perfeitamente laváveis à máquina. Nos Panos da Vera são feitos de acordo com as necessidades básicas (diários, higiénicos e para a noite) mas também podem ser personalizados. Só precisam de contactar a Vera por mensagem privada na sua página de Facebook. Também há à venda na Fluffy Organic & Eco e no Mémé Guloso.
Contrariamente ao absorvente descartável, tem a vantagem de ser mais económico, mais ecológico e isento de químicos nocivos ou seja, as alergias, bastante comuns com os pensos e tampões convencionais, deixam de ser um problema.


Roupa interior absorvente

A THINX é a marca pioneira deste tipo de produto, inspirado na roupa interior normal mas que absorve a menstruação. Actualmente tem 9 modelos, desde o corte clássico, cintura alta e boxers. A roupa interior absorve o equivalente a ½ a 2 tampões, dependendo do modelo.


As cuecas absorventes da THINX são hipoalergénicas, anti-bacterianas e anti-fugas. O segredo para absorverem eficazmente o sangue menstrual, ao mesmo tempo que são finas e confortáveis como uma roupa interior normal, está na sua tecnologia: a camada superior absorve qualquer líquido, deixando a pele seca. A segunda camada é constituída por fibras revestidas em prata, combatendo as bactérias. A terceira camada é absorvente e a quarta evita que a roupa fique manchada.

Se bem cuidadas, podem durar anos. Para tal, devem ser lavadas no dia em que foram usadas, sem amaciador, com água fria, sem centrifugação e sem uso da máquina de secar. A THINX envia para Portugal, embora os portes de envio sejam pesados (a partir de 8,13€... até o meu ovário doeu só de ver).

Além da THINX temos a Flow Underwear, criada pela Marisa Fernandes e fundadora da Fluffy Organic & Eco. É a primeira marca portuguesa de cuecas menstruais e, assim como as supracitadas, são anti-bacterianas e transpiráveis. Aguentam até doze horas, o equivalente a quatro tampões, e também podem ser usadas para o pós-parto, incontinência urinária e spotting (sangramento de escape).


As cuecas custam 37€ cada, estão disponíveis em sete tamanhos (do XXS ao XXL) e devem ser lavadas com um detergente suave, sem lixívia e amaciador. Não devem ser passadas a ferro nem colocadas em máquina de secar. Na loja também encontram um sabão neutro, adequado para as lavagens, bolsas impermeáveis e conjuntos.

Por fim há a Cocoro, uma marca espanhola. A loja online envia para Portugal e os portes de envio são mais simpáticos do que os da THINX.


As cuecas Cocoro são anti-bacterianas, absorventes, transpiráveis e resistentes a fugas. Para além de todos os fluxos de menstruação (leve, regular, intenso), podem ser usadas para leves perdas de urina e fluxo vaginal. A validade e eficácia dependem do modo como são tratadas, pelo que é importante respeitar as recomendações de lavagem: devem ser lavadas à mão ou à máquina com um detergente suave e a 30º graus no máximo, sem recorrer a amaciador, lixívia e centrifugação. Não devem ser passadas a ferro nem levadas à máquina de secar.

Há cinco modelos à escolha e as peças custam entre 22,90€ a 32,90€.

---------------------------------------------------------------------------------------

Se preferem continuar a utilizar absorventes tradicionais, tomem nota de que a Evax, Ausonia, O.B, Carefree, entre outras, são testadas em animais. Para absorventes seguros, sem químicos, parcialmente biodegradáveis e cruelty-free cliquem aqui.


Relacionadas:
Pequenos gestos para diminuir a pegada ecológica — Higiene e cosmética

Data de actualização: 16/07/2021

5 comentários

  1. Tenho muita curiosidade em experimentar o copo ou as cuecas que absorvem. Tenho amigas que usam e adoram.

    ResponderEliminar
  2. Eu estou muito nessa vibe de tentar ser o mais ecológica possível. Eu já tinha quase certeza que ia comprar um coletor, mas agora já não sei... Acho que vou dar umas pesquisadas e ver qual acho melhor pro que preciso.
    Um beijo

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderEliminar
  3. Não sou bem o target dest post, mas olha que fosse moça ficava-te bastante agradecida. E assim fico na mesma, bm vistas as coisas. O objectivo é reduzir a pegada ecológica e tu dás o teu contributo com o teu exemplo e ensinamentos. Well done, Mel ;)

    ResponderEliminar
  4. Tenho muita curiosidade em experimentar o copo por acaso..

    ResponderEliminar
  5. Um post muito útil. Tenho imensa curiosidade sobretudo com o copo menstrual que toda a gente que usa fala tão bem!
    Achei muito interessante os pensos reutilizáveis e a roupa interior absorvente, que confesso que não conhecia de todo!

    Beijinhos,
    Cláudia

    Sorrir e Sonhar por Mais Blog | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar